Adestrador de Gatos Goiânia, Goiás

Procurando por Adestrador de Gatos em Goiânia? Encontre aqui endereços e telefones de veterinários, pet shops, lojas e profissionais especializados em Goiânia que podem te ajudar a encontrar Adestrador de Gatos em sua cidade. Aproveite para conseguir dicas e mais informações sobre Adestrador de Gatos com nossos artigos educativos.

Mergulho Canino
(62) 3288-8889
Rua 52 qd 85 lt 2
Goiânia, Goiás
 
Adestrador Daniel Sobrosa
(62) 3639-5583
Rua dos Buritis qi 54 lt 6
Goiânia, Goiás
 
Bos Homeopatia Animais
(62) 3536-5115
Rodovia GO-M10 km 2 qd AREA
Goiânia, Goiás
 
Criadouro Sítio dos Animais
(62) 3223-8340
Rua 5 175
Goiânia, Goiás
 
Bicho de Estimação Centro de Especialidades Veterinária
(62) 3942-1011
Avenida Deputado Jamel Cecílio 17 pi 1
Goiânia, Goiás
 
Dog Adestramento e Hotel de Cães
(62) 3256-2744
Avenida C 7 qd 78A lt 3-A
Goiânia, Goiás
 
Canil Elisabeth
(62) 3275-7126
Rua Campo Grande qd 1 lt 9
Goiânia, Goiás
 
Agro Park
(62) 3945-2738
Al Contorno 3264 qd AREA lt 3
Goiânia, Goiás
 
Kennel Clube de Goiás
(62) 3281-3707
Al Ricardo Paranhos 140 qd 225 lt 04
Goiânia, Goiás
 
Drogaria Veterinária Amor de Bicho
(62) 3205-1922
Rua Brasil 898
Goiânia, Goiás
 

Como fazer seu gato parar de morder

Os gatos mordem por diversas razões. Alguns gatos podem, de uma hora para outra, começar a saltar sobre você e mordê-lo inesperadamente. Outros dão sinais de aviso, como balançar a cauda ou emitir pequenos rosnados antes de morder. Mas a mordida de um gato pode ser perigosa, e é um dos problemas mais sérios dos gatos. A boca de um gato abriga muitas bactérias, que podem causar infecções severas. Mas, antes de se livrar de seu gato, há algumas coisas que você pode fazer para limitar sua ação de morder. A primeira coisa que eu sugeriria, seria você obter a sua cópia de Cat Behavior Secrets Revealed; este guia ensinará a vooê tudo o que você precisa saber sobre como treinar seu gato para ser um companheiro perfeito, para você e sua família. Veja abaixo como fazer o seu gato parar de morder.
Castre seu gato macho. Frequentemente os gatos machos são mais agressivos do que as fêmeas. Muito provavelmente, castrando seu gato macho você reduzirá a agressividade e outros problemas de comportamento.
Leve seu gato ao veterinário. Se o seu gato estiver ferido ou doente, pode se tornar agressivo com você, especialmente se você tocar alguma parte dolorida do corpo do bichinho. Os gatos procuram esconder quando estão feridos ou doentes, por tanto tempo quanto puderem. Seu veterinário poderá identificar se há alguma coisa errada com a saúde de seu gato.
Não afague o abdome de seu gato. Muitos gatos não gostam de ser tocados no abdome – isto os faz sentir-se expostos, sem defesa. Muitos reagirão mordendo. No entanto, você pode tentar acostumar seu gato a ser tocado no abdome, passando algum tempo junto com ele e recompensando-o por bom comportamento (veja os passos 7 e 8).
Alguns gatos se irritam quando são afagados, e pularão e morderão repentinamente. Se o seu gato é um destes, preste atenção aos sinais que ele emite.
Conheça seu gato. Alguns gatos não gostam de ser afagados e pegos no colo, e reagirão mordendo. Se você tem um destes gatos, não o afague nem tente pegar no colo. Novamente, você pode tentar mudar este comportamento, passando algum tempo com seu gato e recompensando-o por um bom comportamento (passos 7 e 8). Mas é importante monitorar o seu comportamento, e saber quando o seu gato morde.
Olhe para o seu gato. Se o seu gato está balançando a cauda em sinal de alerta, de orelhas em pé, assobiando ou rosnando, não se aproxime dele até que ele se acalme. Muitos gatos, quando estiverem em estado de alerta, vão saltar sobre qualquer coisa que se mover perto deles, como um pé ou uma mão.
Passe algum tempo com seu gato. Conheça o seu gato, quer ele esteja agressivo ou não. Os gatos demonstram afeto por seus donos, como os cachorros, mas alguns gatos precisam de tempo. Ofereça guloseimas com a mão ao seu gato, e brinque com ele. Se você se preocupa com a possibilidade de ser mordido enquanto estiver brincando com o gato, amarre um pequeno brinquedo para gato em uma corda, e arraste atrás de você. Evite falar num tom de voz muito alto ou fazer barulhos muito altos, e procure mover-se devagar. Se o seu gato se assustar, pode reagir saltando e mordendo.
Recompense seu gato. Parte do treinamento bem sucedido de um gato envolve uma recompensa. Se o seu gato brinca amavelmente com você, recompense este comportamento. Você pode dar-lhe pequenas guloseimas pelo seu bom comportamento. Você pode fazer isto durante o treinamento do filhote, e durante todo o tempo até a idade adulta.
Tente não deixar seu gato sozinho por longos períodos de tempo. Os gatos que ficam sozinhos sem estímulos, tornam-se entediados. Muito frequentemente reagirão brincando agressivamente com seus donos. Este comportamento agressivo frequentemente toma a forma de arranhar e morder, e em alguns gatos isto pode machucar. No entanto, alguns gatos são muito jeitosos durante a brincadeira.

Nunca use os dedos para brincar, especialmente com um filhote. Sim, os filhotes são muito brincalhões e sim, se você balançar os dedos em volta deles eles irão brincar com seus dedos, e isto será muito bonitinho! Mas, deixar seu filhote brincar com seus dedos só ensina os gatos a morder estes dedos mais tarde na vida. Se o seu gato quiser brincarcom você, e você o ensinou a brincar com seus dedos, ele vai morder e arranhar seus dedos. E não será apenas com você; eles brincarão da mesma forma com seus amigos, seus filhos e outras pessoas da família. Ensine seu gato a brincar com brinquedos, em vez de brincar com os dedos das pessoas.
Compreender o comportamento dos gatos ajudará você a entender melhor por que seu gato está mordendo, e você pode evitar isto. Boa sorte!

Dicas Rápidas:

Seja paciente com seu gato. Problemas de comportamento podem levar algum tempo para se resolverem.