Clínicas de Congelamento de Células Mossoró, Rio Grande do Norte

Procurando por Clínicas de Congelamento de Células em Mossoró? Encontre aqui endereços e telefones de Clínicas de Congelamento de Células em Mossoró. Aproveite para conseguir dicas e mais informações sobre Clínicas de Congelamento de Células com nossos artigos educativos.

Raimundo Fernandes Junior
(84) 9972-1432
Pç. Cong Estevão Dantas 238
Mossoró, Rio Grande do Norte
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria do Socorro Araujo Rodrigues
(84) 3317-2046
Rua Duodécimo Rosado 10 - Ed. Medical Center
Mossoró, Rio Grande do Norte
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Tereza M. F. C. Fontes
(84) 3201-8000
Rua Apodi 594
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maristela Marques Souto Falcao
(84) 3611-9727
Av. Afonso Pena 968
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria do Socorro Araujo Rodrigues
(84) 3317-2046
Rua Duodécimo Rosado 10 - Ed. Medical Center
Mossoró, Rio Grande do Norte
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fausto Guilherme Xavier Carlos
843-3173
R Melo Franco 106
Mossoró, Rio Grande do Norte
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Leonardo Davinci Lima Nogueira
(84) 3317-6212
R. Dionisio Filgueira 117 - (Cl Ginecologi
Mossoró, Rio Grande do Norte
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Maria Helena V de a D Cantidio
(84) 4008-5000
Rua Monte Sinai 1948
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Nilma Rodrigues da Silva
(84) 3615-0700
Rua Açu 441
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Olena Martha de Queiroz Rosas
(84) 3206-9412
Av. Nascimento de Castro 2005
Natal, Rio Grande do Norte
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Clínicas de Congelamento de Células

Um ovo é um ovo. Não é uma galinha.
Uma semente de Abacate é uma semente de abacate. Não é um abacate.
Um embrião congelado é um embrião congelado. Não é um Ser humano.

Há vida no ovo? Sim
Há vida na semente do Abacate? Sim
Há vida no embrião congelado humano? Sim

Na natureza tudo é vida em estado latente. É só se dar as condições ideais para ela se desenvolver.

A possibilidade de vida é resultado de um pulsar eterno.

Há um eterno sopro de vida na natureza. Atravessa tudo eternamente atingindo todos os pontos, até os menos esperados.

É uma plantinha nascendo numa pequena falha do asfalto, entre dois tijolos no alto de um edifício ou em torno de uma pedra.

É um sopro onipresente, tanto nas menores partículas, como nos maiores astros do universo.

Se você pegar um punhado de areia do deserto e todo dia você jogar um pouquinho de água é certo que em algum momento vai surgir alguma vida ali.

Deixe seu computador muito tempo parado e logo vai ter alguma formiguinha andando por ali. É só dar-se as condições ideais e isto acontece.

Há vida em um embrião congelado? Não, há um ‘potencial latente’ de se desenvolver uma vida. Mas ainda não é uma vida humana. Só há a possibilidade.
Teria que se dar os meios. No caso um corpo feminino apto a desenvolver esta semente até chegar a um estágio de formação que permitiria a encarnação de um espírito humano para vivificá-lo.

Assim como para a semente do abacate dar o seu fruto temos de plantá-la, e assim como para o ovo temos que colocá-lo para nidificação.

Da semente do abacate pode-se fazer material orgânico.

Do ovo, uma boa fritada.

Do embrião, células tronco.

Se não forem usados para a finalidade principal, no prazo determinado por lei, e autorizados por quem de direito, que são os diretamente interessados em dar as condições de vida, ou não, para aquela semente, para aquele embrião.

Atualmente pode-se jogar fora uma semente de abacate? Pode.

Pode-se jogar fora um ovo? Não se deveria, mas pode.

Pode-se jogar um embrião congelado fora? Pode, legalmente após os três anos e autorizados pelo casal que não tem mais interesse. Inclusive, após este prazo, perde-se as possibilidades de desenvolvimento do mesmo.

Se descongelarmos os embriões e os deixarmos na temperatura ambiente eles vão sobreviver? Não.

Isto seria um crime? Não.

Seria interromper uma vida? Não. Pois só havia o ‘potencial’ de vida. A semente para a vida, pois não se sustem fora de um corpo feminino.

As religiões precisam criar estas polemicas para se sentirem vivas. Pois na base já estão mortas e mergulhadas na ignorância há muito tempo.

São religiões que criam conceitos criados no momento para gerar polemica para se sentirem ‘vivas’, já que estão mortas a muito tempo de tanto terem desvirtuado as Verdades nas quais se baseia a Criação, obra do Criador, a quem dizem seguidoras, mas que não conhecem o mínimo da sua obra.

Sempre foram contra qualquer avanço da ciência como se comprova na história.
Foram contra o heliocentrismo, o caso mais famoso. O quanto isto não deve ter atrasado a astronomia.

São religiões cegas que vivem dando ‘chute’ religioso/cientifico, se metendo no que não conhecem.

No inicio do século XX foram contra a anestesia, principalmente nos partos. A dor faria parte da redenção dos pecados.

Contra os talheres. O Criador teria criado as mãos para serem usadas.

Contra os pára-raios. Interferiria na natureza?

Seria um bom assunto para se pesquisar, tudo isto que a religião já foi contra, para se escrever um livro, mas não eu, particularmente não tenho paciência. Mas com certeza daria um ótimo livro. Está aí uma dica.
Poderia ser um best seller.

Se o conceito religioso tivesse prevalecido e os embriões não pudessem ser aproveitados para as células tronco, com certeza também, neste caso, não poderiam ser jogados fora.
Pois seriam, então, considerados uma vida.

E aí quem iria guardá-los? A igreja?

Se tivessem sido legalmente considerados uma vida, então teriam que continuar congelados eternamente, a não ser que alguém desliga-se os aparelhos.

E ai não seria um crime desligar os aparelhos?
Seria, pois neste caso estaria-se cometendo uma eutanásia.
Crime previsto nas nossas leis.

Teria se descoberto, então, a vida materialmente eterna?

Cabe frisar que um embrião gerado naturalmente em um corpo feminino ou se já foi implantado, aí já é gerido por outras leis, tanto espirituais como terrenas.

Neste caso seria um aborto e este traria consequências graves tanto espiritualmente como terrenalmente.

Mais informações o leitor poderá encontrar na obra “NA LUZ DA VERDADE’ de Abdruschin ou site abaixo.

‘Não é o lugar em que nos encontramos nem as exterioridades que tornam as pessoas felizes; a felicidade provém do íntimo, daquilo que o ser humano sente dentro de si mesmo’ Roselis Von Sass