Hérnia Curitiba, Paraná

Procurando por mais informações sobre Hérnia em Curitiba? Encontre aqui endereços e telefones de hospitais e médicos em Curitiba que podem esclarecer suas dúvidas sobre Hérnia. Aproveite para conseguir dicas e mais informações com nossos artigos informativos e conhecer os hospitais e médicos de sua região.

Aracy de Cassia Pucu Costa Pinheiro
(41) 3013-4976
Av Republica Argentina 452 - Sala 1002/1003
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dalton Fujiwara Chuman
(41) 3262-4488
Rua Madre Leonie 463
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Aramis Renato Budal Guimaraes
(95) 3132-2245
R Martin Afonso 705
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Grau Clinicenter Pinheirinho
413-0168
R Amintas de Barros 990
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Irilea Cristina S. Settim
382-2153
R. Joao Angelo Cordeiro 770 - Sala 02
Sao Jose Dos Pinhais, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Lucas Darci Segatti
(41) 9228-9178
Av. Iguacu 820
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
José Marcos
(41) 3345-4477
Rua Guararapes 2208 - Casa
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ivan Jose Paredes Bartolomei
(41) 3077-4792
Rua da Paz 195 - Sala 1B
Curitiba, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Cristina Hsin Wei Hsu Cleto
(41) 3035-5321
Rua Mendes Leitao 282
Sao Jose Dos Pinhais, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria Cristina Singer Wallbach
(41) 3283-1154
Rua Dr. Marcelinoogueira 215 - 5ºAndar Sala 23
Sao Jose Dos Pinhais, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Hérnia

Hérnia

Definição
A hérnia é geralmente uma bolsa formada pela membrana que reveste a cavidade abdominal (peritônio). Ela sai por um orifício ou área frágil na fáscia, a camada forte da parede abdominal que envolve o músculo.
Foto: ADAM
Hérnia inguinal
Os tipos de hérnia são baseados no local em que ocorrem:
A hérnia inguinal aparece como uma protuberância na virilha. Esse tipo é mais comum em homens do que em mulheres. A protuberância pode descer até o escroto
A hérnia femoral aparece como uma protuberância na parte superior da coxa. Esse tipo é mais comum em mulheres do que em homens
A hérnia incisional pode ocorrer em uma cicatriz se você já tiver feito uma cirurgia abdominal
A hérnia umbilical aparece como uma protuberância ao redor do umbigo. Ela ocorre quando o músculo ao redor do umbigo não se fecha completamente
Nomes alternativos
Hérnia – inguinal; Hérnia inguinal; Ruptura
Causas, incidência e fatores de risco
Geralmente, não existe uma causa evidente para a hérnia. Algumas vezes, elas são resultado do esforço excessivo (de levantar muito peso, por exemplo). As hérnias podem já existir desde o nascimento, mas a protuberância pode ser imperceptível por muitos anos. Alguns pacientes podem ter histórico familiar de hérnias.
Elas podem aparecer em bebês e crianças. Isso acontece quando a membrana que cobre os órgãos abdominais não se fecha corretamente antes do nascimento. Cerca de 5 em cada 100 crianças apresentam hérnias inguinais (os meninos são mais afetados). Algumas crianças podem não ter nenhum sintoma até chegarem à idade adulta.
Qualquer atividade ou problema médico que aumentem a pressão nos músculos e no tecido da parede abdominal podem causar uma hérnia, incluindo:
Constipação crônica, esforço para evacuar
Tosse crônica
Fibrose cística
Próstata aumentada, esforço para urinar
Peso em excesso
Levantar muito peso
Testículos que não desceram
Sintomas
Frequentemente, não ocorre nenhum sintoma. Entretanto, em alguns casos pode ocorrer dor ou desconforto. Esse desconforto pode ser pior quando você está de pé, faz esforço ou levanta objetos pesados.
Exames e testes
Um médico pode confirmar a presença de hérnia durante o exame físico. A massa pode aumentar de tamanho ao tossir, curvar-se, levantar peso ou fazer esforço. A hérnia (protuberância) pode não ser óbvia nos bebês e crianças, exceto quando a criança está chorando ou tossindo.
Conheça também o Guia de Exames
Tratamento
A cirurgia é o único tratamento que pode corrigir permanentemente uma hérnia. Entretanto, as hérnias menores que não apresentam sintomas algumas vezes precisam ser observadas. A cirurgia pode apresentar mais risco para os pacientes que têm sérios problemas médicos.
Ela geralmente será feita em hérnias que causam dor ou que estão aumentando de tamanho. A cirurgia protege a porção enfraquecida do tecido da parede abdominal (fáscia) e fecha todos os orifícios anormais que encontrar.
Uma hérnia umbilical que ainda não se curou sozinha quando o seu filho atinge os cinco anos de idade pode ser corrigida.
Em alguns casos, é necessário realizar uma cirurgia de emergência. A bolsa que contém o intestino ou outro tecido pode ficar presa no orifício da parede abdominal. Se ela não puder ser empurrada de volta, poderá causar uma hérnia estrangulada no intestino. Se a hérnia não for tratada, essa porção do intestino poderá necrosar devido à falta de fornecimento de sangue.
Evolução (prognóstico)
O resultado é geralmente bom com o tratamento. A recorrência é rara (de 1 a 3%).
Complicações
Em casos raros, a correção da hérnia inguinal pode causar danos nas estruturas envolvidas na função dos testículos. Outro possível risco da cirurgia de hérnia é o dano aos nervos, que pode causar falta de sensação na região das virilhas.
Ligando para o médico
Ligue para o médico imediatamente se:
Você tiver uma hérnia dolorosa e o conteúdo dela não puder ser recolocado no abdome com uma leve pressão
Você apresentar náusea, vômito ou febre junto com uma hérnia dolorosa
Você tiver uma hérnia que ficou vermelha, roxa, escura ou descolorida
Ligue para o médico se:
Você apresentar dor, inchaço ou protuberância na virilha
Você apresentar protuberância ou inchaço na virilha, ou no umbigo, ou que estejam associados à cicatriz de uma cirurgia anterior
Prevenção
Utilize técnicas corretas para levantar peso
Emagreça, se você estiver com quilos em excesso
Alivie ou evite a constipação comendo alimentos ricos em fibras, bebendo muito líquido, indo ao banheiro assim que sentir vontade e exercitando-se regularmente
Os homens devem procurar o médico se precisarem fazer esforço para urinar. Isso pode ser um sintoma de próstata aumentada
Referências
Turnage RH, Richardson KA, Li BD, McDonald JC. Abdominal wall, umbilicus, peritoneum, mesenteries, omentum, and retroperitoneum. In: Townsend CM, Beauchamp RD, Evers BM, Mattox KL, eds. Sabiston Textbook of Surgery. 18th ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier;2008:chap 43.
Atualizado em 5/11/2010, por: Shabir Bhimji MD, PhD, Specializing in General Surgery, Cardiothoracic and Vascular Surgery, Midland, TX. Review provided by VeriMed Healthcare Network. Also reviewed by David Zieve, MD, MHA, Medical Director, A.D.A.M., Inc.
Todas as doenças

A A.D.A.M., Inc. é reconhecida pela URAC, também chamada de American Accreditation HealthCare Commission (Comissão de Reconhecimento de Cuidados de Saúde) – www.urac.org. O programa de reconhecimento da URAC é uma auditoria independente com o objetivo de verificar se a A.D.A.M. segue padrões rigorosos de qualidade e responsabilidade. A A.D.A.M. está entre as primeiras empresas a conquistar essa importante distinção para informações e serviços de saúde on-line. Saiba mais sobre a política editorial, o processo editorial e a política de privacidade da A.D.A.M. A empresa é também um membro fundador da Hi-Ethics e segue os princípios da Health on the Net Foundation (Fundação da Saúde na Internet) – www.hon.ch.
As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- 2011 A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.