Lubrificantes e Fluídos Automotivos Brasília, DF

Procurando por Lubrificantes e Fluídos Automotivos em Brasília? Encontre aqui endereços e telefones de lojas e profissionais especializados em Brasília que podem te ajudar a encontrar Lubrificantes e Fluídos Automotivos em sua cidade. Aproveite para conseguir dicas e mais informações sobre Lubrificantes e Fluídos Automotivos com nossos artigos educativos.

Kontrol Peças e Acessórios para Veículos
(61) 3272-4396
SCLRN 710 BL G lj 13
Brasília, DF
 
Asalatas Acessórios
(61) 3347-2210
SHCGN 705 BL G lj 7
Brasília, DF
 
Casa do Acessório
(61) 3242-0014
CRS 510 BL C lj 22
Brasília, DF
 
Twa Auto-Som
(61) 3349-8002
SCLRN 707 BL D lj 43
Brasília, DF
 
Marelli Bancos Em Couro
(61) 3234-4883
SCLRN 714 BL G lj 21
Brasília, DF
 
Casa do Acessório
(61) 3349-0015
SHCGN 714 BL G lj 21
Brasília, DF
 
Mega Som e Alarmes
(61) 3447-9174
SCLRN 714 BL G lj 11
Brasília, DF
 
Luca Peças e Acessórios
(61) 3201-9619
SCLRN 703 BL E lj 10
Brasília, DF
 
Equipa-Car Peças e Acessórios
(61) 3273-8887
SCLRN 706 BL B lj 29
Brasília, DF
 
Gilcar Autopeças
(61) 3349-2126
SCLRN 711 BL A lj 46
Brasília, DF
 

Como trocar fluido de transmissão manual e automática

O fluido de transmissão é necessário para lubrificar e refrigerar os componentes de transmissão. Se você quiser que sua transmissão dure um longo tempo, você trocar o fluido e filtro em intervalos regulares. Um fluido velho e desgastado não funciona tão bem, e filtros entupidos são muito menos eficientes. Um fluido de transmissão novo é vermelho brilhante. Os fluidos velhos são vermelho mais escuro – quase preto.
Muitas pessoas se perguntam quantas vezes devem mudar seu fluido de transmissão. Normalmente fluidos e filtros devem ser trocados a cada 15.000 a 30.000 milhas (ou a cada dois anos) como parte da manutenção básica de um carro. É importante trocar o filtro e o fluido de transmissão ao mesmo tempo. Não espere até que a transmissão comece a escorregar. Nessa época pode já ser tarde demais e danos graves podem já haver ocorrido. Se você decidir levar seu carro ao mecânico para realizar essa manutenção de rotina, sugiro fortemente que você pegue uma cópia do manual O Mecânico A Limpo, lá você vai aprender como evitar os golpes mais comuns em mecânicas de automóveis.
Veja como trocar seu fluido de transmissão.
Preparação: Compre o fluido da transmissão correto em uma loja de autopeças. O manual do proprietário deve indicar o tipo correto de fluido para seu carro. Além disso, compre um novo filtro.
Ferramentas: Aqui está uma lista de todas as ferramentas que você vai precisar:

Macaco – para levantar o carro
Travas – para segurar o carro enquanto você está trabalhando
Vasilha de drenagem – deve ser suficientemente grande para conter pelo menos 5 litros
Jornal
Trapos Limpos
Bloqueie os pneus, e trave o freio de emergência.
Retire uma das linhas de transmissão de refrigeração que passam pelo radiador. Conecte um tubo no fim da linha, e coloque a extremidade do tubo numa vasilha de drenagem. Ligue o carro e deixe-o inativo por um minuto ou dois. O fluido de transmissão vai sair pela linha de refrigeração, através do tubo, para a vasilha de drenagem. Desligue o motor assim que o fluido parar de fluir.
Levantar o carro com um macaco. Use as travas. Não coloque nenhuma parte do seu corpo debaixo do veículo a menos que esteja devidamente apoiado.
Então use a vasilha de drenagem. Coloque-a debaixo da tampa de transmissão. Centralize-a na frente da transmissão. Coloque jornal por baixo para o caso de vazamentos.
Remova todos os parafusos traseiros, segurando a tampa no fundo da transmissão. Solte os parafusos traseiros por ultimo. Apenas solte-os algumas voltas.
Se a tampa não estiver embaixo ainda, use uma chave de fenda para separar a tampa do resto da transmissão. Incline-a para que o fluido possa fluir para fora até a vasilha de drenagem.
Quando o líquido parar de sair, tire os últimos parafusos da parte traseira e afunde a tampa. Despeje o restante do líquido na vasilha de drenagem.
Remova a vedação antiga e limpe a tampa de transmissão com qualquer tipo de solvente. Deixe secar em um local limpo.
Retire o filtro de transmissão e substitua-o pelo novo.
Coloque uma vedação nova na tampa de transmissão limpa, e coloque a tampa no fundo da transmissão. Coloque os parafusos e aperte-os. Em seguida, use uma chave para apertar os parafusos, um pouco de cada vez. Tente apertá-los uniformemente, para que você não dobre a tampa de transmissão.
Remova o macaco do veículo, e coloque a quantidade correta de fluido da transmissão. O manual do proprietário deve dizer o quanto acrescentar – geralmente cerca de 7 litros.
E então você pode verificar seu trabalho. Ligue o motor e deixe-o inativo por alguns minutos. Coloque o freio de mão, troque de marchas e verifique o nível do fluido com o motor ligado. Se o fluido estiver baixo, adicione um pouco por vez até que a vareta indique um nível suficiente de líquido.

Transmissões manuais têm bem menos peças móveis e são muito mais robustos, mas a maioria dos fabricantes dizem que ainda exigem mudanças de lubrificante a cada 30.000 milhas (ou a cada dois anos). A troca do líquido em transmissões manuais é um pouco mais fácil do que em carros com transmissão automática. É bem semelhante à troca de óleo. Aqui está como substituir o fluido de transmissão manual:
Dirija pelo quarteirão dando uma volta ou duas, a fim de aquecer o fluido de transmissão.
Levantar seu carro com um macaco e apoie-o devidamente com travas.

Coloque uma vasilha de drenagem sob o buraco de drenagem e use uma chave para remover a tampa de drenagem. O líquido deverá fluir para a vasilha de drenagem. Cuidado! O fluido é quente! Uma vez que o fluido parar de sair, ponha a tampa e aperte bem.
Pode ser um pouco complicado acrescentar o fluido na transmissão. Há uma tampa ao lado da transmissão. Remova-a e adicione o fluido através do orifício. Pode não haver espaço suficiente para colocar uma garrafa de 1 litro, então talvez seja necessário usar um método alternativo para reabastecer o fluido. Algo que funciona é um funil pequeno, seringas ou bombas especialmente concebidas para isso. Quando o fluido de transmissão for adicionado, coloque o parafuso de volta e aperte bem.
Abaixe o carro, ligue o motor e dirija pelo quarteirão. Observe atentamente se há vazamentos em torno da tampa. Se não encontrar nenhum vazamento, se dê parabéns pelo trabalho bem feito!