Neuralgia do Trigêmeo Esteio, Rio Grande do Sul

Procurando por mais informações sobre Neuralgia do Trigêmeo em Esteio? Encontre aqui endereços e telefones de hospitais e médicos em Esteio que podem esclarecer suas dúvidas sobre Neuralgia do Trigêmeo. Aproveite para conseguir dicas e mais informações com nossos artigos informativos e conhecer os hospitais e médicos de sua região.

Gilberto Luiz Loef
(51) 3473-4508
Presidente Vargas 1774
Esteio, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Mario Tadeu Lobato Sperb
(51) 473-2415
Rua Dom Pedro 362
Esteio, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Luciano Annerl
(51) 473-0736
Ferroviariosdos 119 - 804
Esteio, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fernanda Etcheverry Almeida Silva
(53) 3225-3862
Quinze Deovembro 771 - 101
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Leopoldo Amorim
3452-4903
Nossa senhora da conceição 216 (sala 401)
Sapucaia Do Sul, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Rui Soares Silveira
(51) 473-1528
Ferroviariosdos 119 - 603/604
Esteio, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marizane Silva Barneche Santos
(51) 3473-0736
Rua dos Ferroviarios 119 - Cj 804
Esteio, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Gilberto Comparsi Apes
(51) 3473-3834
Dom Pedro 55
Esteio, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Gilberto Conceicao Macedo
(53) 3222-3160
Rua 15 - de Novembro 607 Salas 15 e 16
Pelotas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fernando José Martins Costa
(51) 3472-2815
R Fioravante Milanes 85 - 31
Canoas, Rio Grande do Sul
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Neuralgia do trigêmeo

Neuralgia do trigêmeo

Definição
A neuralgia do trigêmeo é um distúrbio nervoso que causa uma dor aguda ou semelhante a um choque elétrico em partes do rosto.
Nomes alternativos
Tique doloroso
Causas, incidência e fatores de risco
Foto: ADAM
O sistema nervoso central é formado pelo cérebro e pela medula espinhal. O sistema nervoso periférico inclui todos os nervos periféricosA dor da neuralgia do trigêmeo vem do nervo trigêmeo.
Esse nervo transmite dor, sensibilidade e outras sensações do cérebro à pele do rosto. Pode afetar parte ou todo o rosto e a superfície dos olhos.
A doença em geral afeta adultos mais velhos, mas pode afetar pessoas de todas as idades. A neuralgia do trigêmeo pode ser parte normal do processo de envelhecimento.
A neuralgia do trigêmeo pode ser causada por:
Esclerose múltipla
Pressão no nervo trigêmeo por um vaso sanguíneo inchado ou um tumor
Frequentemente, nenhuma causa específica é encontrada. Os médicos têm maior probabilidade de encontrar uma causa em pacientes com menos de 40 anos.
Sintomas
Espasmos muito dolorosos similares a choques elétricos agudos que geralmente duram alguns segundos ou minutos, mas podem se tornar constantes
A dor geralmente é de um só lado do rosto, muitas vezes ao redor do olho, bochecha e parte inferior do rosto.
A dor pode ser desencadeada pelo toque ou por sons
Os ataques dolorosos da neuralgia do trigêmeo podem ser desencadeados por atividades diárias comuns como:
Escovar os dentes
Mastigar
Beber
Comer
Tocar a face suavemente
Fazer a barba
Exames e testes
Geralmente, o exame neurológico é normal.
Os testes que podem ser feitos para detectar a causa do problema incluem:
Exames de sangue
Ressonância magnética da cabeça
Teste de reflexo do trigêmeo
Tratamento
Seu clínico geral, um neurologista e um especialista em dor podem estar envolvidos no tratamento.
Certos medicamentos às vezes ajudam a reduzir a dor e a frequência dos ataques. Esses medicamentos incluem:
Drogas anticonvulsivas (carbamazepina, gabapentina, lamotrigina, fenitoína, valproato e pregabalina)
Relaxantes musculares (baclofeno, clonazepam)
Antidepressivos tricíclicos (amitriptilina, nortriptilina ou carbamazepina)
Alguns pacientes podem necessitar de cirurgia para aliviar a pressão no nervo. Entre as técnicas estão:
Cortar ou destruir parte do nervo trigêmeo
Cirurgia estereotáxica
Cirurgia para remover um vaso sanguíneo ou tumor que esteja pressionando o nervo trigêmeo
Evolução (prognóstico)
O seu estado depende da causa do problema. Se não houver nenhuma doença subjacente, algumas pessoas consideram que o tratamento oferece ao menos um alívio parcial.
Porém, a dor pode se tornar constante e severa em alguns pacientes.
Referências
Cutrer FM, Moskowitz MA. Headaches and other head pain. In: Goldman L, Ausiello D, eds. Cecil Medicine. 23rd ed. Philadelphia, Pa: Saunders Elsevier;2007:cap. 421.
Goetz CG, ed. Textbook of Clinical Neurology. 3rd ed. Philadelphia, Pa: WB Saunders; 2007.
Gronseth G, Cruccu G, Alksne J, Argoff C, Brainin M, Burchiel K, et al. Practice parameter: the diagnostic evaluation and treatment of trigeminal neuralgia (an evidence-based review): report of the Quality Standards Subcommittee of the American Academy of Neurology and the European Federation of Neurological Societies. Neurology. 2008;71:1183-1190.
Todas as doenças