Triciclo By Cristo Araguari, Minas Gerais

Procurando por Triciclo By Cristo em Araguari? Encontre aqui endereços e telefones de concessionárias de motos em Araguari que podem te ajudar a encontrar Triciclo By Cristo. Aproveite para conseguir dicas e mais informações com nossos artigos informativos e conhecer outros tipos de triciclos disponíveis na sua região.

Cardoso Moto
(34) 3233-4400
Avenida João Pessoa 321
Uberlândia, Minas Gerais
 
Trivel
(34) 3256-7000
Avenida Afonso Pena 2699
Uberlândia, Minas Gerais
 
Dakar Moto Pecas
(34) 3241-1983
Avenida Minas Gerais 330
Araguari, Minas Gerais
 
Atlantictur Veículos Ltda Me
(34) 3212-2950
av João Pinheiro, 3323, Aparecida
Uberlândia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Alves & Miranda Comercio de Veiculos Ltda
(34) 3232-8871
av Brasil, 2497, Aparecida
Uberlândia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Duas Rodas
(34) 3230-3500
Rua Floriano Peixoto 3399
Uberlândia, Minas Gerais
 
Moto Nova
(34) 3241-3148
Rua Padre Anchieta 218
Araguari, Minas Gerais
 
Maguila Ciclo Motor
(34) 3242-3601
Rua Maranhão 93
Araguari, Minas Gerais
 
Atlantictur Veiculos Ltda Me
(34) 3212-2950
av João Pinheiro, 3323, Aparecida
Uberlândia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Chuca Automoveis Ltda
(34) 3232-8679
av João Pinheiro, 2448, Aparecida
Uberlândia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Triciclo byCristo

Andamos no triciclo byCristo. Um convite para curtir e se aventurar pelas estradas.

ver o vídeo

No melhor estilo “Easy rider”, basta olhar para o triciclo, e já é possível se imaginar num belo dia de sol, numa incrível estrada, e muitos quilômetros pela frente. Com o vento, a sensação de estar solto, corpo relaxado, conforto,um visual fantástico e … com som!! É isso mesmo, esse brinquedão tem CD player e caixas para animar muita festa. Estas são algumas das propostas que encantam seus admiradores.

Quando aportou na editora, novidade! Ninguém ainda havia se aventurado a experimentar um veículo desses, foi um alvoroço total. Todo mundo tirando fotos para enviar para amigos e familiares, literalmente, se exibindo. A grande duvida que estava no ar era: como se pilota? Para obter todas as respostas fomos para ruas, avenidas e estradas, sem antes é claro, dar algumas voltas nos quarteirões das redondezas para se adaptar. Na hora de partir, é possível escolher a música, colocando um CD com sua trilha sonora predileta, e logo já se sente um dos privilégios que a receita de um triciclo oferece. O posicionamento do piloto é confortável, o acelerador é igual ao das motos, na manopla direita, e os comandos de embreagem e freios ficam nos pés, esquerdo e direito respectivamente.

Na cidade, ocupa o espaço de um automóvel e leva prejuízo em relação às motos, mas já é perceptível como as pessoas começam a olhar curiosos aliás, parece que todos na rua até entortarem seus pescoços observando aquela maquina e invariavelmente surpreendendo-se com estilo. Rodando, a dificuldade inicial é a troca de marchas. O cambio, é um 4 marchas, igual de um carro (é o da famosa VW Kombi) e fica no console, entre as pernas. A troca se faz com a mão esquerda mas sem sustos, já que a frente é firme e não causa desvios na trajetória. Rapidamente achamos a tocada certa. A segunda complicação para um iniciante fica por conta das rodas traseiras montadas num eixo de carro e equipadas com pneus 295, compatível aos usados em pickups espotivas. Não se pode esquecer de jeito nenhum do formato do triciclo, afinal, a impressão ao pilotar e olhar para frente, é de estar em uma grande motocicleta, mas para trás, tem “um carro”. Carro na cidade e moto na estrada, interessante!

Adaptados, o veiculo se torna prazeroso ao dirigir, nele você pode relaxar, sentir o vento na cara e admirar a paisagem.O guidão exige que os braços fiquem um pouco levantados em relação aos ombros, típico das motos “chopper”, mas não chega a ser desconfortável nem cansativo como muitos imaginam. Na manopla esquerda estão os comandos de picas, buzina e faróis, como em muitas motos. Do lado direito, a manopla do acelerador que tem curso bastante longo, o que pode incomodar um pouco, mas isso é facilmente ajustável por cada um dos proprietários, a sua maneira. Os botões de ignção e da partida elétrica completam os comandos da direita.

Realizar curvas num triciclo é algo a parte, diferente de qualquer coisa motorizada que você já tenha experimentado mas, buscando os primórdios de nossa infância, podemos ter alguma lembrança do famoso velotrol. Ao fazer uma curva para a direita por exemplo, e com certa velocidade, seu corpo é jogado para o lado oposto, como num carro. A diferença neste caso é que você não tem o mesmo apoio do carro, exigindo um trabalho de pernas e um pouco de esforço dos braços segurando o guidão. Diferente e um pouco estranho no primeiro momento, depois de uns kilometros de adaptação a emoção da pilotagem toma conta e vira uma grande diversão. O movimento de inclinar o corpo para o lado da curva, como nas motos vira padrão e mais uma vez o mix carro x moto evidencia as técnicas únicas de pilotagem de um triciclo.

Com partida elétrica posicionada abaixo da manopla do acelerador, também igual uma moto, o funcionamento do conhecido motor VW AP 1.600 de 96 cv é redondo, e mostra muito fôlego para puxar seus 700 kg, com boas acelerações e retomadas. O mais incrível é o torque deste motor no conjunto montado. Numa estrada com uma seqüência de lombadas, podíamos chegar aos 30 Km/h em terceira marcha e o triciclo tinha força para iniciar a retomada suave e regular. Para realizar ultrapassagens, nada de reduzir marcha, é só acelerar progressivamente e ele responde na medida. O garupa é o privilegiado, pois conta com um assento anatômico, com suporte lateral, e ainda está um degrau acima do piloto para aproveitar todo o visual de maneira muito confortável. No modelo que testamos ainda estava com bancos em formato concha para o passageiro, dando excelente apoio nas curvas.
No painel, velocímetro digital com hodômetro fica no centro, marcador de temperatura e conta-giros digital logo abaixo, junto com o conjunto de luzes espia. Chamam a atenção, mas durante o dia, dependendo da posição do sol, fica bastante difícil de visualizar os números. Os modelos de série em sua maioria trazem relógios clássicos de ponteiros elimiando o problema.O reservatório de gasolina tem capacidade para 23 litros, com autonomia total de aproximadamente 350 km nas estradas, boa marca para viagens longas. Uma curiosidade neste quesito é o marcador de combustível. Uma mangueira transparente na lateral do tanque mostra o nível do combustível. Quem mais se diverte com isso são os frentistas, que conseguem saber quanto falta para encher o tanque.

Típico das motos customizadas, o triciclo byCristo tem um ângulo de cáster bem aberto, com bengalas super cumpridas, dando aquele visual American Chopper. Essa distancia entre eixos exige certo cuidado nas lombadas para não pegar no fundo. A frente termina numa bela roda de liga leve, encoberta pelo símbolo dosbyCristo, uma estrela de 5 pontas. Não há freios na dianteira, até porque, a ciclísticadeste veiculo não comportaria. Qualquer freada na dianteira arrastaria os pneus sem causar efeitos práticos, apenas risco de perda do controle de direção. A traseira, tem belas rodas de 15 polegadas, calçadas com pneus de 295 mm e os freios são a disco ventilados nas duas rodas traseiras que apensar de não ter a mesma eficiência dos carros modernos, garante uma boa e segura freada, sem desvios. No meio de tudo está o motor, engaiolado pela estrutura metálica que compõe um bom bagageiro acima de tudo.

Pilotar na estrada é só alegria, alvo de olhares e atração dos curiosos, o triciclo se comporta com boa estabilidade para velocidades de cruzeiro em torno dos 110 km/h. As acelerações permitem atingir velocidades acima dos 140 km/h para garantir boas ultrapassagens.

Circular num triciclo é uma sensação totalmente diferente de qualquer moto ou carro. Não podemos dizer que é mais carro ou mais moto, é simplesmente um triciclo, com características próprias, vantagens e desvantagens como qualquer comparativo mas com um grande diferencial: com ele, você é atração por onde quer que você passe.

O PROJETO
A empresa byCristo produz triciclos desde 1998. O projeto do triciclo foi desenvolvido por Hamilton Veloso Prado e seu filho Christopher Veloso Prado, em parceria com o engenheiro da FEI Ricardo Boock. Hamilton Veloso Prado, também conhecido como “Cristo”, foi o desenhista das primeiras gaiolas tubulares de corridas para fora de estrada, e com isso precursor das corridas no Brasil.
Na década de 80 foi proprietário da “Coyote”, marca conhecida pela qualidade de seus Buggys tubulares, reboques e trailers para transporte de cavalos.
Sempre acompanhando as tendências do mercado e procurando oferecer um produto de acordo com a virada do milênio, lançou através da byCristo Ind. E Com. Ltda., a mais nova sensação, o triciclo Star.
Com muitas novidades a byCristo esta no mercado, já com seu triciclo homologado pelo Denatran e com novos projetos para o futuro.
Com mais de 1000 triciclos produzidos e com a ampliação da fábrica concluída, a byCristo está cada vez mais preparada para atender o seu público consumidor e desenvolver novos projetos. Fonte: www.bycristo.com.br

Veja os anúncios Triciclo byCristo

FICHA TÉCNICA TRICICLO byCRSITO

Ficha Técnica Tricilo byCristo – versão HD
Motor:VW AP 1600 , 4 cilindros em linha, refrigerado a água.
Cilindrada: 1584 cm³
Transmissão: 4 velocidades a frente e 1 a ré, logitudinal
Alimentação: injeção eletronica
Potência:96 CV
Torque:138,5 Nm
Sistema de partida: Elétrico
Ignição tipo: Eletrônica digital
Largura total:1800 mm
Altura total: 1.350 mm
Comprimento total: 3.800 mm
Distância do solo: 200 mm
Peso seco: 700 kg
Suspensão dianteira: Amortecedores hidraulicos e molas
Suspensão traseira: Amortecedores hidráulicos com barra de torção
Freio traseiro: Hidráulicos a disco, nas duas rodas traseiras.
Pneu dianteiro:130/70 – 17
Pneu traseiro: 295/50 – 15
Tanque de combustível: 23 litros
Cores: Totalmente personalizado na encomenda, cores solidas e metálicas

Versões: Standard, Sport e Top

CONFIRA O PREÇO DAS PEÇAS DE MANUTENÇÃO BÁSICA
(peças originais pesquisados em lojas do ramo em 4/08/06)

Cabo de Embreagem R$ 19,00
Filtro de Óleo R$ 10,00
Filtro de ar R$ 72,00
Pastilhas Traseiras R$ 35,00
Lâmpada do farol R$ 18,00
Pneu Dianteiro original R$ 145,00
Pneu Traseiro original R$ 675,00

Farol de milha (par) R$98,00