Yamaha YZF R1 2013 Araguari, Minas Gerais

Procurando pela moto Yamaha YZF R1 2013 em Araguari? Encontre aqui endereços e telefones de concessionárias de motos em Araguari que podem te ajudar a encontrar a moto Yamaha YZF R1 2013. Aproveite para conseguir dicas e mais informações com nossos artigos informativos e conhecer outros tipos de motos disponíveis na sua região.

Cardoso Moto
(34) 3233-4400
Avenida João Pessoa 321
Uberlândia, Minas Gerais
 
Trivel
(34) 3256-7000
Avenida Afonso Pena 2699
Uberlândia, Minas Gerais
 
Maguila Ciclo Motor
(34) 3242-3601
Rua Maranhão 93
Araguari, Minas Gerais
 
Central Auto Shopping Ltda
(34) 3212-0217
av João Pinheiro, 2466, Aparecida
Uberlândia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Bolsa Comércio de Veículos Ltda
(34) 3210-1140
av Cesário Alvim, 2147, Aparecida
Uberlândia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Duas Rodas
(34) 3230-3500
Rua Floriano Peixoto 3399
Uberlândia, Minas Gerais
 
Moto Nova
(34) 3241-3148
Rua Padre Anchieta 218
Araguari, Minas Gerais
 
Dakar Moto Pecas
(34) 3241-1983
Avenida Minas Gerais 330
Araguari, Minas Gerais
 
Atlantictur Veiculos Ltda Me
(34) 3212-2950
av João Pinheiro, 3323, Aparecida
Uberlândia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Alves & Miranda Comércio de Veículos Ltda
(34) 3232-8871
av Brasil, 2497, Aparecida
Uberlândia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Yamaha YZF-R1 2013: Tecnologia derivada das pistas

Acompanhando as alterações tecnológicas recebidas pela maioria das superesportivas do mercado, a Yamaha YZF-R1 que já possuía recursos tecnológicos recebidos da sua irmã das pistas, a YZR-M1 da MotoGP, agora foi atualizada com mais inovações herdadas da Yamaha M1, incluindo um Sistema de Controle de Tração (TCS), principal modificação recebida pelo atual modelo.
A convite da Yamaha Motor do Brasil, viajamos até Londrina (PR) para a apresentação do novo modelo a imprensa especializada. No Autódromo Internacional Ayrton Senna, pudemos testar a Yamaha YZF-R1 com o novo Sistema de Controle de Tração e como havia chovido durante toda noite do dia anterior, a pista no dia da apresentação estava molhada, onde comprovamos a diferença que o novo Sistema de Controle de Tração faz.
O novo sistema de controle de tração possui 6 níveis, mais a opção de ser desligado, e controla completamente o sistema de injeção eletrônica, o ponto de ignição e a abertura do acelerador, que em conjunto com uma nova configuração da ECU – responsável pelo mapeamento do motor, otimizam a aceleração e a pilotagem em médias e altas velocidades.
Andando no nível 6, sistema TCS totalmente ativo, notamos que a moto responde de forma mais sutil, compensando as pequenas mudanças da área de contato entre o pneu e o piso, principalmente nas saídas de curvas, que em conjunto com as novas configurações da ECU, deixaram a moto mais linear, sem aqueles “socos no estômago”, mas sempre com boas respostas.
Com o TCS no nível 3, podemos comprovar que a moto fica mais solta, exigindo mais experiência do piloto, já que os erros não estão sendo totalmente corrigidos, mas o Controle de Tração ainda é bem notado. Com o TCS em OFF (desligado), a moto fica totalmente da mão, exigindo total experiência do piloto, nada recomendado para iniciantes.
Pela tarde a pista secou e voltando para a pista, pudemos “brincar” um pouco com os três mapas de injeção – já existentes no modelo anterior, que em conjunto com o novo TCS proporciona ao piloto 21 diferentes opções de pilotagem, se adequando as variadas condições da pista e as preferências de cada piloto. O modo “Standard” é o normal, no modo “A” a moto é mais arisca e entrega toda potência de forma impressionante e no “B” temos ela mais mansa.
Outras mudanças influenciadas pela Yamaha M1 do MotoGP incluem uma nova mesa superior mais leve, novas ponteira de escapamentos com proteções em fibra de carbono, novo ajuste da pré carga da mola da suspensão traseira, piscas com lente cristal e lâmpada âmbar, além de pedaleiras com melhor ergonomia e aderência a sola do calçado.
Para melhorar a aerodinâmica, a Yamaha YZF-R1 2013 recebeu uma nova carenagem superior, agora um pouco mais “bicuda”. Seu conjunto óptico também foi revisado e agora possui luzes de posição em LED – alinhado as tendências mundiais no segmento de quatro rodas, formando um visual extremamente moderno e agressivo. Agora fica ainda mais fácil reconhecer uma R1 a noite.
Apesar do ganho tecnológico recebido pela nova YZF-R1 com a adoção do Sistema de Controle de Tração, a Yamaha optou por não adotar o Sistema de freios Antibloqueio (ABS). O principal argumento da montadora deve-se a esportividade do modelo e aptidão às pistas. Além da falta de ABS, o sistema de freios não recebeu flexíveis em malha de aço (kit aeroquip), item essencial para a pilotagem esportiva.
Dispondo das mesmas especificações técnicas, seu motor DOHC, com refrigeração líquida de 998 cm3 capaz de desenvolver 182 cv a 12.500 RPM possui virabrequim do tipo crossplane, proporcionando ótimo torque e altos níveis de tração. Desta forma, o motor de 270° irregulares – 180 °, 90 °, 180 ° de intervalo, transmite uma sensação precisa e imediata de controle sobre a disponibilidade do torque.
Para acentuar o ganho de performance também foram otimizados os sistemas de freios da nova YZF-R1, assim como a concentração das massas. Embora o novo modelo tenha recebido modificações significativas, os engenheiros da Yamaha conseguiram manter o mesmo peso da versão anterior: 206 Kg em ordem de marcha.
Disponível nas cores preta, azul e branca, esta última atendendo uma tendência mundial com grafismo exclusivo para o Brasil, a Yamaha YZF-R1 2013 tem preço público sugerido, posto Guarulhos, São Paulo, de R$ 61.490,00, com um ano de garantia de fabrica, sem limite de quilometragem, e chega a Rede Autorizada de Concessionários Yamaha na segunda quinzena de junho.
- Confira vídeo da nova Yamaha YZF-R1 2013 no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR)
FICHA TÉCNICA
Motor Refrigeração líquida, 4 tempos, 4 cilindros, DOHC, 16 válvulas
Cilindrada 998cc
Diâmetro x curso 78,0 mm x 52,2 mm
Potência máxima 182,1 cv 12.500 rpm (sem admissão de ar)
Torque máximo 11,8 kgf.m a 10.000 rpm
Sistema de lubrificação Cárter húmido
Alimentação Injeção Eletrônica de Combustível
Tipo de embreagem Húmida, mola multidisco
Sistema de ignição TCI (digital)
Sistema de partida Elétrica
Sistema de transmissão 6 velocidades
Transmissão final Corrente
Suspensão dianteira Garfo telescópico invertido com 120 mm de curso
Suspensão traseira Balança, Monoamortecida com 120 mm de curso
Freio dianteiro Duplo disco de 310 mm de diâmetro com pinças radiais de três pistões
Freio traseiro Disco de 220 mm de diâmetro com pinça de pistão simples
Pneu dianteiro 120/70 ZR17M/C (58W)
Pneu traseiro 190/55 ZR17M/C (75W)
Chassi Deltabox em alumínio
Dimensões (C x L x A) 2.070 mm x 715 mm x 1.130 mm
Altura do assento 835 mm
Altura mínima do solo 135 mm
Entre-eixos 1.415 mm
Capacidade do tanque de combustível 18 Litros
Capacidade do depósito de óleo 3,7 Litros
Peso em ordem de marcha 206 kg
Cores Azul, branca e preta
Preço público sugerido R$ 61.490
Fotos: /Divulgação